51 3284-1800

SindisprevRS OF
ASCOM

ASCOM

Assessoria de Comunicação do SINDPREVRS

Reuniões em Brasília indicam início de negociações

O Comando Nacional de Greve intensificou a mobilização no Congresso Nacional, buscando apoio para a reversão do desconto dos dias parados, do código 28 e das multas aos sindicatos e à Federação. Até o momento foram recolhidas mais de 120 assinaturas de deputados e senadores, que assumiram o compromisso de contribuir na busca de uma saída negociada para a greve.
Ontem (14/07), pela manhã, o Comando Nacional reuniu-se com os deputados Paulo Rocha (PT/PA) e Mauricio Rands (PT/PE), conforme acertado anteriormente. Foi informado aos parlamentares sobre as dificuldades das discussões nas assembléias estaduais devido à falta da garantia da reversão do código 28 e do desconto dos dias parados.
Os deputados afirmaram que estão conscientes sobre o problema e se dispuseram a conversar com o ministro José Pimentel e outros setores do governo. Devido à discussão no Congresso da Lei de Diretrizes Orçamentárias e a ida dos parlamentares à Presidência da República para discutir a questão outra reunião foi realizada no final do dia.
Os deputados informaram que a posição do ministro Pimentel de não negociar foi uma decisão conjunta da coordenação política do governo. Diante disso, buscaram a Presidência da República e reuniram-se com o ministro da Secretaria Geral, Luiz Soares Dulci, com representante da Secretaria Geral da Presidência e com o Secretario Especial da Presidência, Gilberto Carvalho. Os Deputados Paulo Rocha e Maurício Rands avaliaram como positiva a reunião com o ministro e demais membros da equipe do Palácio do Planalto. No entanto, chegaram à conclusão que qualquer decisão, para evitar problemas, deveria ter o aval do presidente Lula, que estava participando de um compromisso oficial em Alagoas. Embora o ministro Luiz Dulci quisesse fazer uma consulta por telefone ao presidente, os dois parlamentares avaliaram que, devido a delicadeza da situação, seria melhor conversar pessoalmente com o presidente.
O Comando solicitou o compromisso da comissão política do governo de reverter o código 28 e o pagamento dos dias parados. Os parlamentares responderam que provavelmente o governo solicitaria o fim da greve para então resolver estes pontos.
Na tarde de ontem o Comando Nacional também se reuniu com o ministro do trabalho e emprego, Carlos Roberto Lupi e com o deputado Paulo Pereira (PDT/SP). O ministro Lupi mostrou-se sensibilizado à pauta de reivindicações e disse que entraria em contato com o ministro José Pimentel, buscando abrir um diálogo com a Fenasps.
Segundo Lupi, no contato com Pimentel, este se comprometeu em abrir o GT do INSS assim que terminada a greve. Carlos Lupi se colocou à disposição para continuar intermediando as negociações com o ministro da previdência.
Desta forma hoje (15/07) acontece uma reunião da coordenação política do governo. Após o encontro, será enviado novos informes. Reafirmamos a necessidade da participação da reunião do comando de mobilização, sexta-feira (17/07), às 18h.

 

Fonte: FENASPS/Imprensa SINDISPREV-RS

 

follow:

CONTEÚDOS