51 3284-1800

SindisprevRS OF
ASCOM

ASCOM

Assessoria de Comunicação do SINDPREVRS

Segue indefinida proposta de reajuste aos médicos

A Prefeitura de Porto Alegre ainda não tem definida uma contraproposta de reajuste salarial aos médicos que trabalham pelo município. Conforme o secretário municipal de Gestão e Acompanhamento Estratégico, Clóvis Magalhães, está em análise com os setores orçamentário e fazendário da prefeitura o que deverá ser proposto à categoria. Os médicos esperam que uma nova oferta seja apresentada hoje, conforme prazo exigido. Eles reivindicam piso equiparado ao nacional, de R$ 7 mil. Uma nova plenária da categoria ocorre nesta quarta-feira, quando poderá ser decretada greve.

 
Conforme Magalhães, a análise é necessária para medir impactos orçamentários no município. Na sexta-feira passada, o secretário se reuniu com outros representantes da prefeitura para discutir a nova proposta. Hoje, o estudo prossegue com a participação do prefeito José Fortunati. "Nossa intenção é aprofundar a questão internamente e apresentar a contraproposta antes de uma nova assembléia dos médicos", destacou Magalhães, que também pretende se reunir com representantes da categoria para dar continuidade às negociações.
 
O secretário reconhece que um aumento aos profissionais é necessário, mas apontou que o atual salário não se encontra tão defasado como apontado pelos médicos. O piso de ingresso da categoria é de R$ 1.409,90. Somando benefícios, pode chegar a R$ 2,6 mil.
 
Fonte: Jornal Correio do Povo
follow:

CONTEÚDOS